Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OCDE: Portugal já é "centralista" e tem municípios grandes mas é preciso cortar freguesias

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 26 jul (Lusa) -- Portugal é um país "bastante centralista" cujos municípios já são de dimensão superior à média europeia, mas a redução nas freguesias é "de saudar", considera a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

Num relatório sobre a economia portuguesa, hoje divulgado, a OCDE descreve Portugal como "um país bastante centralista" onde mesmo assim as autoridades regionais e locais "põem significativos problemas orçamentais".

A OCDE considera "de saudar" as medidas previstas pelo Governo para reorganizar a administração local: "reorganização das empresas municipais, redução de 30 por cento no número de freguesias (...), reforço da cooperação intermunicipal".