Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Óbito/Chávez: Relações comerciais entre Portugal e Venezuela deverão manter "normalidade" - Almeida Henriques

Lusa economia

  • 333

Redação, 06 mar (Lusa) -- O secretário de Estado Adjunto da Economia antecipou hoje que as relações comerciais entre Portugal e a Venezuela continuem a decorrer "com normalidade" após a morte de Hugo Chávez, pois foram "consolidadas" numa perspetiva "Estado a Estado".

"O presidente Chávez era uma pessoa com um carisma e com uma personalidade fortes e que foi, de facto, um amigo de Portugal, o que se verificou no estreitamento das relações entre os dois países, designadamente ao nível comercial, mas também pelo respeito que sempre teve pela comunidade portuguesa [na Venezuela], que é expressiva", afirmou António Almeida Henriques, em declarações à agência Lusa.

Contudo, salientou, "no último ano e meio, as relações entre os dois países incrementaram-se numa lógica mais Estado a Estado", pelo que "todo este processo de transição deverá decorrer com normalidade, continuando a promover-se os negócios" entre os dois países.