Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"O nível da dívida pública portuguesa é sustentável" - governador do Banco de Portugal

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 04 out (Lusa) -- O governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, considerou hoje que "o nível da dívida pública portuguesa é sustentável" e quando a economia começar a crescer "é natural" que a procura de obrigações e bilhetes do Tesouro "aumente".

"A sustentabilidade da dívida depende das trajetórias futuras do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e das finanças públicas. A dívida é sustentável a partir do momento em que fica sob controlo e a partir do momento em que a economia começa a crescer", disse o governador à margem do XXIII Encontro de Lisboa entre os Bancos Centrais dos Países de Língua Portuguesa.

"Quando a economia começar a crescer, e o défice e as finanças públicas estiverem sob controlo, é natural que aumente a procura de obrigações e bilhetes do Tesouro emitidas pelo Estado português. E a consequência do aumento da procura é a diminuição das taxas e uma diminuição das taxas tem como consequência reforçar a sustentabilidade do próprio serviço da dívida", acrescentou Carlos Costa.