Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Nunca escolhemos um caminho de salários baixos - Carlos Moedas

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 28 nov (Lusa) - O secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro, Carlos Moedas, defendeu hoje que o caminho escolhido pelo Governo é o da produtividade das empresas e não o dos salários baixos.

"Se as empresas forem mais produtivas, se forem melhores, é esse o caminho, não é um caminho de salários baixos. Nunca foi esse o caminho que escolhemos", disse o secretário de Estado, instado a comentar as declarações do empresário Patrick Monteiro de Barros que afirmou ter "vergonha" do valor do salário mínimo pago em Portugal.

Carlos Moedas, que falava à margem de uma conferência organizada pela Caixa Geral de Depósitos, insistiu que o objetivo do Governo é que" a economia consiga criar melhores empregos, com mais valor acrescentado e, portanto, melhores salários".