Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Nova lei pretende preparar a economia nacional para o futuro - Álvaro Santos Pereira

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 29 nov (Lusa) - O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, afirmou hoje que o novo regime do trabalho portuário pretende "preparar a economia nacional para o futuro", tornando-a "mais competitiva".

"É uma proposta para reformar a economia nacional e prepará-la para o futuro", defendeu o governante, no dia em que se vota a proposta de legislação laboral para os trabalhadores dos portos, que é contestada pelos estivadores de Lisboa, Setúbal, Figueira da Foz a Aveiro.

Realçando que "os portos são um setor chave para a economia portuguesa ser mais competitiva", Álvaro Santos Pereira argumentou que o objetivo é conseguir reduzir a fatura portuária entre 25% e 30% e assim tornar as infraestruturas nacionais mais concorrenciais.