Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mota Soares criticado pela oposição responde com "iminente rutura financeira" em abril de 2011

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 03 abr (Lusa) - A oposição convidou hoje o ministro da Solidariedade e da Segurança Social a "abandonar o barco", acusando o Governo de ser o responsável pelo aumento da pobreza e a "engorda" das grandes fortunas.

"Convidava-o a abandonar este barco que já não irá a bom porto", disse a deputada do Bloco de Esquerda (BE) Mariana Aiveca na comissão parlamentar da segurança social e do trabalho, dirigindo-se ao ministro Pedro Mota Soares.

A deputada bloquista já tinha antes perguntado ao ministro se estaria incluído num plano de remodelação do Governo, mas o governante considerou a pergunta como "uma provocação entre pessoas que se respeitam" e não respondeu, preferindo salientar a "situação gravíssima" em que Portugal estava quando solicitou ajuda externa, em 2011, e a possível "rutura total do sistema financeiro" português.