Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Moradores de bairros sociais de Guimarães protestaram contra aumento de rendas

Lusa economia

  • 333

Guimarães, 27 abr (lusa) - Os moradores dos bairros do Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) de Guimarães protestaram esta tarde contra o aumento de rendas anunciado que afirmam "não ter em conta" o estado de conservação das habitações.

Os cerca de 1.000 moradores dos bairros de Gondar, Feijoeira, Atouguia, Senhora da Conceição e São Gonçalo aprovaram ainda uma moção de "repúdio" pelos aumentos anunciados e afirmam "não ter culpa" da "situação do Estado".

Segundo as associações de moradores os aumentos "em alguns casos" serão, até maio de 2016, de "seis mil por cento", um valor "incomportável" par aquelas famílias e lembraram que muitas das habitações foram "deixadas ao abandono" pelo IHRU durante três décadas.