Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Moody's e Standard & Poor's alertam que acordo nos EUA é insuficiente

Lusa economia

  • 333

Washington, 02 jan (Lusa) -- As agências Standard & Poor's e Moody's disseram hoje que o acordo alcançado pelo Congresso norte-americano para evitar o chamado "precipício fiscal" é positivo, mas está longe de resolver o problema de fundo da dívida do país.

Num comunicado com o título "Moody's espera mais medidas depois de acordo sobre 'precipício fiscal'", a agência de notação financeira escreveu que o acordo entre republicanos e democratas é um passo no sentido de "esclarecer a trajetória de médio prazo do Governo federal para o défice e a dívida", mas não estabelece uma base de "melhorias significativas dos rácios de dívida".

A Standard & Poor's indicou, citada pela agência AFP, que "o acordo de ontem [terça-feira] não faz grande coisa para colocar as finanças públicas americanas numa trajetória mais viável no médio prazo".