Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministros das Finanças formalizam hoje extensão das maturidades para Portugal

Lusa economia

  • 333

Luxemburgo, 21 jun (Lusa) -- Os ministros das Finanças da União Europeia irão adotar hoje formalmente, no Luxemburgo, a decisão de extensão das maturidades dos empréstimos europeus concedidos a Irlanda e Portugal, para apoiar os dois países no regresso aos mercados.

Em abril, numa reunião informal em Dublin, os ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo) e da União Europeia (Ecofin) alcançaram um acordo de princípio para a extensão, por sete anos, das maturidades dos empréstimos europeus concedidos a Portugal e à Irlanda, que será agora formalmente "selado", e que poderá vir a ser complementado com outras medidas, tal como admitiram na véspera o presidente do Eurogrupo e o comissário europeu dos Assuntos Económicos.

No final da reunião do Eurogrupo de quinta-feira, Rehn comentou que uma das decisões importantes esperadas para a reunião de hoje é "a adoção formal da decisão de extensão", por sete anos, das maturidades dos empréstimos a Irlanda e Portugal, o que "ajudará" estes países a saírem dos respetivos programas de ajustamento.