Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministro das Finanças alemão considera não haver alternativa à redução da dívida na Europa

Lusa economia

  • 333

Tóquio, 12 out (Lusa) - O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schauble, disse hoje não haver alternativa à redução da dívida dos Estados da zona euro, depois de o Fundo Monetário Internacional ter defendido mais tempo para a Grécia cumprir as metas do défice.

"Não há alternativa à redução a médio prazo das dívidas dos Estados que são muito elevadas", declarou o ministro alemão num debate com a diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, em Tóquio.

Schauble salientou que, "com uma moeda única, a pressão sobre a competitividade é muito forte para todos os países, mas isso não é razão para renunciar à redução dos défices, porque o desemprego é também uma consequência de políticas orçamentais que não são sólidas".