Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministro da Economia quer IRC a 10 por cento para todas as empresas dentro de 5 a 6 anos

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 11 jan (Lusa) - O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, disse hoje que gostaria que "dentro de cinco ou seis anos" o IRC em Portugal estivesse nos 10 por cento para todas as empresas.

"Eu gostaria que dentro de cinco ou seis anos o IRC em Portugal estivesse a dez por cento para todas as empresas, porque só apostando numa competitividade fiscal forte, só cortando na burocracia e eliminando os procedimentos excessivos e só tornando o país mais amigo do investimento é que iremos voltar a crescer", declarou.

O ministro respondia a uma pergunta do deputado do PS Basílio Horta que, num debate no plenário da Assembleia da República, disse duvidar que o ministro da Economia consiga fazer vingar no Governo o objetivo de ter o IRC a 10 por cento para as empresas.