Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados da lusofonia foram "decisivos" para Portugal "reequilibrar contas externas" - Governo

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 28 jun (Lusa) -- O secretário de Estado das Finanças, Manuel Luís Rodrigues, considerou hoje que a exposição da economia portuguesa aos mercados da lusofonia foi "decisiva" para Portugal "reconquistar o reequilíbrio das suas contas externas em apenas dois anos".

"Uma das forças da nossa economia é a grande exposição a economias de grande crescimento", sublinhou o governante num discurso que encerrou a sessão de lançamento do relatório da OCDE sobre as "Perspetivas sobre o desenvolvimento global 2013", no Ministério das Finanças em Lisboa, organizada pela SOFID -- Sociedade para o Financiamento do Desenvolvimento.

Na diversificação dos destinos do investimento das empresas portuguesas, apontou o secretário de Estado, destaca-se em terceiro lugar o Brasil, Angola em quarto e Moçambique em nono lugar, com as "vantagens competitivas de Portugal" a assentarem numa "forte relação comercial e cultural".