Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Membro do BCE preocupado os efeitos da crise cipriota no regresso aos mercados de Portugal e Irlanda

Lusa economia

  • 333

Frankfurt, 27 jan (Lusa) -- O membro da comissão executiva do Banco Central Europeu Jörg Asmussen afirmou-se hoje preocupado com o possível contágio da crise no Chipre sobre a zona euro, em especial pela mensagem que passaria quando Portugal e Irlanda tentam regressar aos mercados.

O alemão alerta para os riscos de minimizar "a importância sistémica" da crise cipriota, por a economia do Chipre representar apesar 0,15% do Produto Interno Bruto, considerando que esta não é uma "época normal" para a moeda única, "em consequência, a evolução incontrolada da situação no Chipre pode colocar em causa os progressos realizados na Europa em 2012".

Neste sentido, Asmussen diz que tal contágio poderia levar a uma "propagação via setor bancário" do problema cipriota à Grécia, "onde numerosos bancos cipriotas têm atividade".