Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Melhorias na Irlanda não indiciam igual destino noutros países periféricos - Fitch

Lusa economia

  • 333

Dublin, 16 nov (Lusa) - A agência de notação financeira ('rating') Fitch disse hoje que as melhorias na perspetiva da dívida da Irlanda não auguram uma "mudança de sorte" noutros países periféricos, como Portugal.

Num relatório hoje divulgado, a Fitch enaltece a melhoria da dívida irlandesa, que passou de uma perspetiva negativa para estável, mas adverte que tal advém das "considerações específicas" da Irlanda, país melhor preparado que outros para sair da crise até porque "foi o primeiro da zona euro a entrar em recessão", em 2008.

Sobre Portugal, a agência de 'rating' destaca que "o setor exportador, pela sua dimensão relativamente pequena, torna o ajustamento externo mais difícil", embora o país continue a procurar o objetivo de "compatibilizar ajuste económico e orçamental com crescimento".