Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mario Draghi vê 2013 como ano de perseverança, ambição e paciência

Lusa economia

  • 333

Frankfurt, 22 jan (Lusa) -- O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, disse hoje que 2013 deve ser um ano de perseverança, ambição e paciência, com a manutenção do consenso social, uma vez que não há alternativa às reformas.

No discurso de Ano Novo perante a Câmara de Comércio e Indústria de Frankfurt, Draghi reconheceu que "para muita gente nos países sob ajustamento, a situação económica pessoal pode ser muito difícil, mas não há alternativa ao caminho da reforma".

O presidente do BCE ressalvou, de acordo com o texto do discurso disponibilizado pelo BCE, que é possível entrar em 2013 numa "nota mais confiante" do que no ano anterior, devido ao "progresso significativo" alcançado em 2012, mas alertou que é necessário manter os esforços.