Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mar: Falta dos navios patrulha é "grave" para a segurança dos pescadores -- associação

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 06 set (Lusa) - O presidente da Associação Pró Maior Segurança dos Homens do Mar classificou hoje de "grave" para a segurança dos pescadores o facto de os três navios patrulha da classe Cacine estarem todos parados, além da falta de fiscalização.

"É uma situação grave e muito preocupante, principalmente para a busca e salvamento. Estes navios eram muitas vezes os primeiros a socorrerem os barcos. Não estando nenhum, como deveria estar, na zona Norte, é natural que os pescadores se sintam menos seguros, uma vez que o auxílio poderá ser mais lento e sem as mesmas condições", lamentou, à agência Lusa, José Festas.

O Navio da República Portuguesa (NRP) Zaire encontra-se em terra há vários meses para avaliação e não deverá ser recuperado devido ao seu avançado estado de degradação. Outro NRP, o Cacine, está a ser alvo de manutenção periódica até meados de setembro e o NRP Cuanza, que operava na Madeira, está atracado na Base Naval do Alfeite, desde julho, e aí ficará pelo menos até final do ano.