Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais mulheres na gestão teriam "provavelmente" acautelado "impactos sociais" da crise

Lusa economia

  • 333

Deauville, França, 13 out (Lusa) -- A diretora geral da Altran Portugal, Célia Reis, acredita que, se houvesse "mais mulheres na gestão" económica e financeira do país, "provavelmente teriam sido acautelados os impactos sociais" da crise "de uma forma mais relevante".

Em entrevista à agência Lusa, à margem do Fórum de Mulheres, que terminou sexta-feira na cidade francesa de Deauville, a diretora da empresa de consultoria em inovação, gestão e sistemas de informação rejeita classificar com "melhor" ou "pior" a atuação de homens e mulheres, vincando antes que o ambiente "pluridisciplinar" é o ideal para trabalhar.

Mas reconhece que as mulheres tomam mais "em linha de conta a componente humana" e têm "características naturais" de "sensibilidade" e de "tolerância", gestão de recursos humanos, facilidade em trabalhar em equipa e avaliação do problema sob vários ângulos antes de apresentar uma solução.