Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais de mil empresas venezuelanas vão deixar de ter acesso a divisas para importações

Lusa economia

  • 333

Caracas, Venezuela, 28 out (Lusa) - As autoridades venezuelanas anunciaram no domingo que 1.245 empresas venezuelanas vão deixar de ter acesso ao sistema oficial de obtenção de moeda estrangeira para a importação de produtos por terem incorrido em alegadas irregularidades.

A suspensão foi anunciada pelo presidente da Comissão de Administração de Divisas (Cadivi), organismo que regula o sistema de controlo cambial vigente na Venezuela, José Khan.

"Na Cadivi, estamos a melhorar os nossos sistemas para detetar irregularidades. Estamos a melhorar o controlo posterior [à entrega de divisas], fazemos visitas às empresas, verificamos no local se está a quantidade de produto que iam importar e se é vendido ao preço que disseram que seria vendido", explicou.