Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais de 100 trabalhadores do BCP reuniram-se para esclarecer rescisões amigáveis

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 13 nov (Lusa) - Cerca de 130 trabalhadores do BCP reuniram-se hoje em Lisboa com o Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas (SBSI) para esclarecerem os termos da proposta de rescisões por mútuo acordo apresentada pela administração.

O BCP quer cortar 600 trabalhadores até final do próximo ano, poupando já em 2013 cerca de 30 milhões de euros em custos com pessoal. O processo está a ser levado a cabo através de rescisões amigáveis e reformas antecipadas.

Questionado sobre se a maioria dos trabalhadores pretende ou não aceitar a proposta da administração, Paulo Alexandre, da direção do sindicado, disse que "é sempre difícil tirar essas ilações" e que "ainda é cedo" para apurar isso, uma vez que "há trabalhadores ainda a serem ouvidos".