Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Maia: Autarca exige que camiões do lixo não paguem portagens, "como acontece em Lisboa"

Lusa economia

  • 333

Maia, 03 ago (Lusa) - O presidente da Câmara da Maia, Bragança Fernandes, exigiu hoje que os camiões do lixo do concelho não tenham de pagar nas portagens de acesso ao aterro de resíduos sólidos, como acontece em Lisboa.

O autarca lamentou que haja uma "discriminação" em relação à capital em virtude de "os camiões do lixo da Maia terem que pagar cerca de 150 mil euros por ano de portagens nos acessos ao aterro da Lipor, enquanto em Lisboa, para se fazer exatamente o mesmo processo, numa estrada idêntica isso não acontece".

"A Lipor situa-se na IC24 por um motivo bem definido. Para que os camiões que fazem recolha do lixo à noite não incomodem ninguém. Depois colocaram as portagens e os pórticos e não houve qualquer tipo de isenção para os nossos camiões", explicou o autarca.