Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Macau: Governante macaense diz que região é "plataforma" para negócios entre China e mercados da lusofonia

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 05 jun (Lusa) -- O secretário para a Economia e Finanças de Macau sublinhou hoje a determinação do governo chinês em fazer de Macau uma plataforma de serviços de cooperação económica e comercial entre a China e os países lusófonos.

Tam Pak Yuen chamou a atenção de empresários chineses e portugueses, reunidos num almoço em Lisboa, para a importância do "12º plano quinquenal da República Popular da China [,que] assinalou o apoio a Macau no processo de construção como centro internacional de turismo e lazer, a par da formação acelerada da Plataforma de Serviços de Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa".

"Estamos a adotar medidas concretas (...) no sentido de fortalecer e otimizar a indústria de entretenimento e desenvolver a função de Macau como plataforma entre a China e Portugal, com vista a promover o intercâmbio e a cooperação entre a China, Portugal e os países de expressão lusófona", afirmou Tam Pak Yuen.