Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Lobo Xavier diz que "sem consenso" a reforma do IRC "tem os dias limitados"

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 29 mai (Lusa) -- António Lobo Xavier considera que, "sem consenso", a reforma do IRC "tem os seus dias muito limitados" e que não vale a pena fazer uma grande reforma se não houver "uma razoável expectativa de estabilidade relativamente a ela".

"Não faz sentido alterar a legislação" no domínio do IRC "se não houver a garantia de um mínimo de estabilidade" politica e social em relação à reforma, sustentou hoje o presidente da Comissão da Reforma do IRC à margem da conferência 'Os Novos Rumos da Fiscalidade na União Europeia e em Portugal', no Ministério das Finanças.

"Um dos defeitos do sistema português é ter sido sujeito a muitas alterações, tornando-se confuso e complexo ao longo dos últimos anos. Julgo que o que se podia dar a Portugal é um pouco de estabilidade", afirmou.