Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Leite: Agricultores podem perder 80% das ajudas comunitárias com reforma da PAC - estudo

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 10 jul (Lusa) - A reforma da Política Agrícola Comum (PAC) vai ter um impacto "bastante negativo" para os produtores de leite portugueses que podem perder até 80 por cento dos subsídios que atualmente recebem, segundo um estudo da Universidade Católica.

O estudo a que a Lusa teve acesso, elaborado pela Faculdade de Economia e Gestão para a FENALAC (Federação Nacional das Cooperativas de Produtores de Leite), revela um impacto "bastante negativo" em todos os cenários analisados pelos investigadores, sobretudo para as explorações localizadas no Litoral Norte e Centro, que representam dois terços da produção leiteira do continente.

No pior cenário, sem majoração de pagamento base nem introdução de pagamentos ligados à produção, as explorações de leite terão uma quebra da ordem dos 79 por cento nos pagamentos recebidos, que será superior a 85 por cento nas explorações do Litoral Norte e Centro e nas mais intensivas do Sul, já que vai receber mais quem utiliza mais terra.