Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Lamego: Agricultores do Douro produzem qualidade, mas falta quantidade para chegar aos mercados

Lusa economia

  • 333

Lamego, 25 jun (Lusa) - A diversificação da produção e a associação dos produtores como forma de obter dimensão e responder às exigências do mercado nacional e internacional foram duas das exigências feitas hoje para que o Douro tenha futuro como região agrícola.

Esta realidade foi hoje reconhecida durante um almoço/debate dedicado ao tema "Jovens agricultores durienses: que futuro?", com duas dezenas de participantes, organizado pelo Hotel Lamego e o Porto Canal, em Lamego.

Uma das questões mais debatidas foi a da comercialização da produção da região, como o sublinhou Sandra Luís, da Associação de Produtores Agrícolas do Vale do Douro (APAV), que defendeu ser "relativamente fácil produzir qualidade" mas os problemas surgem "nas muitas dificuldades para a sua comercialização".