Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

KPMG envolvida em escândalo de divulgação de informação privilegiada nos EUA

Lusa economia

  • 333

Redação, 10 abr (Lusa) -- A KPMG deixou de prestar serviços de auditoria à Herbalife e à Skechers na sequência de um escândalo envolvendo um dos seus auditores, que admitiu ter divulgado informação privilegiada a troco de dinheiro e ofertas.

Segundo noticia hoje o Wall Street Journal, o antigo auditor da KPMG Scott London - responsável pelas contas da Herbalife e da Skechers até ser despedido, na semana passada -- disse na terça-feira ao jornal estar "arrependido de ter revelado dados confidenciais a terceiros".

Conforme admitiu London, as fugas de informação "começaram há alguns anos atrás", mas a KPMG "não teve qualquer responsabilidade" nas suas ações.