Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

José Seguro considera "inaceitável" que Governo continue a querer cortar 4 mil ME

Lusa economia

  • 333

Madrid, 16 fev (Lusa) - O líder do PS, António José Seguro, considerou hoje "inaceitável" que o Governo continue, no momento atual, a pretender avançar com um corte de 4 mil milhões de euros nas funções sociais do Estado.

Em declarações aos jornalistas em Madrid, depois de um encontro com o seu homólogo espanhol, Alfredo Pérez Rubalcaba, líder do PSOE, Seguro afirmou que o que os portugueses exigem é que o primeiro-ministro "fale menos e faça mais".

"Eu confio muito no juízo dos portugueses e aquilo que os portugueses exigem do primeiro-ministro é que fale menos e faça mais. O primeiro-ministro chegou a primeiro-ministro prometendo coisas completamente diferentes do que esta a fazer neste momento", afirmou.