Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Japão regista maior défice comercial de sempre na primeira metade do ano fiscal

Lusa economia

  • 333

Tóquio, 22 out (Lusa) -- O Japão registou, entre abril e setembro deste ano, o maior défice comercial apurado neste período, o qual ascendeu a 3,22 biliões de ienes (31.184 milhões de euros), revelou hoje o ministério das Finanças.

Entre abril e setembro -- período que corresponde à primeira metade do ano fiscal no Japão --, as exportações japonesas alcançaram os 32,16 biliões de ienes (311.450 milhões de euros), menos 2% em termos anuais, contra importações avaliadas em 35,37 biliões de ienes (342.537 milhões de euros), mais 2,6% do que no período homólogo do ano anterior.

Do lado das exportações, destaca-se a quebra, em termos anuais, nos setores dos hidrocarbonetos (menos 12,7%) e de maquinaria (menos 7,5%). Em sentido inverso, aumentaram as exportações de equipamentos de transporte (14,4%), automóveis (23,7%) e matérias-primas (8,3%).