Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/swap: "Não havia evidência de operações especulativas" - antigo DGTF

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 17 jul (Lusa) - O antigo diretor-geral do Tesouro e Finanças José Emílio Castel-Branco disse hoje que "não havia evidência de operações especulativas" nos contratos 'swap' realizados por empresas públicas durante o seu mandato entre 2005 e 2007.

"Das [operações] de que tive conhecimento, não tinha qualquer conhecimento sobre 'swap' especulativos e pelos resultados obtidos dos 'cash-flows' [das empresas públicas] não havia evidência de operações especulativas", disse o antigo responsável, que exerceu funções entre no período de 24 de março de 2005 a 05 de agosto de 2007.

José Castel-Branco falava na comissão parlamentar de Inquérito à Celebração de Contratos de Gestão de Risco Financeiro ('swap') por Empresas do Setor Público.