Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/swap: Bancos internacionais ofereceram 'swap' para maquilhar contas - Costa Pina

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 23 jul (Lusa) - O ex-secretário de Estado do Tesouro do Governo Socialista, Costa Pina, disse hoje que vários bancos internacionais ofereceram contratos 'swap' ao Estado português para "maquilhar as contas públicas" e garantiu que isso nunca foi aceite enquanto era governante.

Carlos Costa Pina, que está hoje a ser ouvido na comissão de inquérito aos contratos 'swap', divulgou que enquanto governante foi contactado por bancos estrangeiros que se ofereceram para negociar contratos 'swap' que permitiriam maquilhar as contas públicas, reduzindo o défice e a dívida pública de acordo com os critérios utilizados pelo gabinete de estatística das comunidades europeias, o Eurostat.

"Por algumas vezes fui interpelado, e sei que o IGCP [Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública] à época também foi, para realizar operações com 'swap' menos tradicionais, aquilo que na gíria bancária se designa por 'swaps Eurostat friendly', ou seja, swaps amigáveis para efeitos de Eurostat com o objetivo de maquilhagem artificial das contas públicas", afirmou hoje Costa Pina.