Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/BPN: "Não fui despedido, nem convidado a sair, mas estou de saída" - Rui Pedras

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 29 jun (Lusa) - O administrador dos veículos estatais (Pars) que absorveram os ativos tóxicos do BPN, Rui Pedras, garante que, ao contrário dos outros administradores, não foi convidado pelo Governo a sair do cargo, ainda que o pretenda fazer.

"Não apresentei a minha renúncia a nenhum cargo nas empresas públicas" do universo BPN, revelou hoje aos deputados Rui Pedras na comissão parlamentar de inquérito que decorre, realçando que se manterá no cargo enquanto o acionista considerar que é útil.

"Não fui despedido, não fui convidado a sair, mas estou de saída", frisou o administrador das Pars (Parvalorem, Parups e Participadas).