Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/BPN: Banco de Portugal tem "escassez de recursos humanos" - Governador

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 15 jun (Lusa) - O Banco de Portugal funciona com "escassez de recursos humanos", disse hoje o Governador, que considera que é fundamental mais trabalhadores para que a instituição possa levar a cabo as funções de supervisão que lhe são atribuídas.

"O Banco de Portugal depara-se hoje com escassez de recursos humanos. O governador é apenas o organizador de recursos, se não os tiver não o consegue fazer", disse hoje Carlos Costa, perante os deputados da comissão de inquérito ao BPN.

A falta de recursos humanos no Banco de Portugal tem sido repetida pelo responsável pelo supervisor bancário em vários eventos públicos. Hoje à tarde, na comissão de inquérito, Carlos Costa disse mesmo que o Banco de Portugal "identificou 10 talentos" recentemente, mas que não conseguiu contratar nenhum para a instituição porque não foi "competitivo" perante outros agentes do mercado.