Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Impostos chegam a tirar 87,5% às pensões mais elevadas - PricewaterhouseCoopers

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 17 jan (Lusa) - O aumento do IRS e a Contribuição Extraordinária de Solidariedade vão levar a um enorme aumento da tributação das pensões, que, em casos extremos, chegam a retirar 87,5% ao seu valor bruto, segundo simulações da consultora PricewaterhouseCoopers(PwC).

Um pensionista solteiro que tenha um rendimento bruto mensal de 90.000 euros apenas irá receber pouco mais de 12.000 euros, mesmo depois do pagamento em duodécimos do subsídio de Natal, segundo as contas da consultora.

O agravamente da tributação das pensões resulta das normas aprovadas no Orçamento do Estado para 2013, onde se verifica um "enorme aumento" dos impostos com a diminuição do número de escalões do IRS de oito para cinco e a criação da sobretaxa de 3,5%.