Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo vai fixar serviços mínimos nos portos se não for alcançado acordo

Lusa economia

  • 333

Mafra, 14 nov (Lusa)- O primeiro-ministro admitiu hoje em Mafra vir a impor serviços mínimos na greve dos estivadores para garantir o funcionamento dos portos, se hoje não for alcançado um acordo entre operadores e sindicatos.

"Se houver dificuldade em fixar um nível razoável de serviços mínimos, tal como a lei prevê, será o Governo a fazê-lo e o Governo não deixará de exercer essas competências para que possamos contar com regras claras e as condições que podem esperar sobre o funcionamento dos portos portugueses se falharem as vias negociais", afirmou aos jornalistas Pedro Passos Coelho.

O primeiro-ministro explicou que as negociações decorrem "há mais de mês e meio" e admitiu que "hoje deverá ser conhecido o acordo que terá sido alcançado entre os operadores e os sindicatos".