Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo quer tornar reembolsáveis apoios europeus concedidos a fundo perdido

Lusa economia

  • 333

Coimbra, 06 jun (Lusa) -- O secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, Manuel Castro Almeida, disse hoje em Coimbra que o Governo quer caminhar no sentido de os apoios comunitários a fundo perdido serem transformados em fundos reembolsáveis, embora admitindo exceções.

"Queremos implementar no próximo ciclo de programação de aplicação de fundos europeus, entre 2014 e 2020", os apoios reembolsáveis sem juros "em lugar do fundo perdido", afirmou o governante, que falava na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), em Coimbra, na sessão de apresentação de 24 projetos financiados pelo programa europeu JESSICA com 22,5 milhões de euros.

Os fundos reembolsáveis "tendem a dar mais racionalidade económica às opções de investimento", sustentou Castro Almeida, advertindo, no entanto, que não quer "assustar os autarcas" com esta medida.