Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo quer canalizar metade dos fundos comunitários para as empresas

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 08 jan (Lusa) - O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, afirmou hoje que o Governo quer direcionar para as empresas "mais de 50%" dos fundos do próximo quadro comunitário de apoio comunitário, elegendo a industrialização e a internacionalização como prioridades.

Álvaro Santos Pereira, que falava no âmbito de uma conferência sobre o Quadro Estratégico Europeu 2014-2020, sublinhou que os incentivos às empresas representam apenas um terço dos fundos comunitários e salientou que o objetivo para o próximo QREN "é que as empresas concentrem mais de 50% dos apoios".

O governante assinalou, por outro lado, que as empresas que apresentaram projetos no âmbito dos fundos comunitários, registaram um aumento de mais de 70% das exportações, o que mostra que "o QREN está ao serviço das empresas".