Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo garante que polícia não foi chamada a repartições de finanças

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 17 jun (Lusa) - O Ministério das Finanças desmentiu hoje o Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos (STI), garantindo que a polícia não foi chamada para os serviços de Finanças de Bragança, Lisboa 1 e Cascais 1.

Em comunicado emitido hoje, o Ministério das Finanças, que tutela a Autoridade Tributária e Aduaneira, informa que confirmou internamente junto dos serviços visados e garante que, "contrariamente ao que tem vindo a ser noticiado, nos serviços de Finanças de Bragança, Lisboa 1 e Cascais 1 não se verificou qualquer necessidade de pedir a intervenção policial".

O STI tinha dado conta de que a polícia se deslocou hoje a várias repartições de Finanças por desacatos de contribuintes que aguardavam em longas filas para poder pagar o Imposto Único de Circulação (IUC).