Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo dos EUA acusa Standard & Poor's de fraude por inflacionar 'ratings'

Lusa economia

  • 333

Washington, 05 fev (Lusa) -- O Governo norte-americano acusou hoje de fraude a agência de notação financeira Standard & Poor's, considerando que inflacionou as avaliações de certos produtos financeiros, contribuindo para a crise de 2008.

Por seu lado, em comunicado, a Standard & Poor's declarou que as acusações de que teria "mantido as notações deliberadamente elevadas", quando sabia que deviam ser mais baixas, "não são simplesmente verdade".

Citado pela agência EFE, o procurador-geral dos EUA, Eric Holder, afirmou que a fraude se produziu entre março e outubro de 2007, o período final da bolha imobiliária, quando os produtos financeiros avaliados "não só deram rendimento fraco, mas também fracassaram".