Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo aprova diploma que mitiga impacto do défice tarifário da luz nos preços de 2013

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 10 out (Lusa) - O Governo aprovou hoje um diploma que adia para 2014 o impacto nas tarifas da eletricidade do défice tarifário acumulado em 2011, uma medida semelhante à que foi tomada no ano passado e que retardou os custos da eletricidade para 2013.

"Trata-se de uma operação semelhante [à do ano passado], [desta vez] relativamente ao défice [tarifário acumulado] em 2011, que terá repercussões, de acordo com o parecer que foi apresentado pela Entidade Reguladora do Sistema Elétrico (ERSE), a partir de 2014", explicou o secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, Luís Marques Guedes, numa conferência de imprensa hoje realizada durante uma pausa para almoço da reunião semanal do Governo, que aprovará o Orçamento do Estado para 2013 e o segundo Orçamento Retificativo de 2012.

De acordo com as regras do Sistema Elétrico Nacional, o défice tarifário num determinado ano tem repercussão nas tarifas de eletricidade que são pagas após dois anos. O défice apurado em 2010 teria, assim, tido repercussões em 2012, se o Governo no ano passado não tivesse aprovado o adiamento e a mitigação desse impacto para 2013 na ordem dos mil milhões de euros.