Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo admite "expectativa" do banco de fomento estar funcionar no segundo semestre de 2014

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 24 out (Lusa) -- O secretário de Estado Adjunto e da Economia, Leonardo Mathias, manifestou hoje a "expectativa" de que o banco de fomento possa estar a aprovar crédito às PME a partir do segundo semestre de 2014.

Leonardo Mathias considerou em declarações à Lusa ser "uma ideia muito interessante e pertinente" e "um 'timing' muito bom, que vai ao encontro das [suas] expectativas", fazer coincidir a entrada em funcionamento da Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD, vulgarmente designada como banco de fomento) com a intenção declarada há cerca de um mês pelo ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, de estar a aprovar os primeiros projetos do novo QREN na segunda metade de 2014.

Sobre a natureza da instituição, Leonardo Mathias disse apenas que "não é um banco, é uma Instituição Financeira de Desenvolvimento", como foi especificado pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, em agosto, escusando-se a "entrar em detalhes" sobre a proveniência dos respetivos fundos ou a ordem de grandeza dos mesmos.