Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo admite desvio orçamental de 1,6% do PIB em 2012 e espera receita de 0,7% com a ANA

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 03 out (Lusa) - O secretário de Estado do Orçamento indicou hoje que o desvio orçamental está estimado em 1,6 por cento do PIB, e que pensa arrecadar 0,7 por cento do PIB de receita com a concessão da ANA.

Segundo as contas do governante, que falava durante uma audição na comissão parlamentar de orçamento, finanças e administração pública, o desvio poderia atirar o défice orçamental poderia estar na ordem dos 6,2 por cento do PIB (face ao objetivo inicial de 4,5 por cento do PIB), quando a meta a que Portugal está agora obrigado a cumprir é de 5 por cento.

Para compensar este desvio, a apresentação do secretário de Estado do Orçamento diz que o Governo espera uma receita de 0,7 por cento do PIB com a concessão da ANA - Aeroportos de Portugal, mais 0,3 por cento do PIB com poupanças no âmbito do QREN e 0,2 por cento do PIB em "outras medidas adicionais" de poupança.