Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo "aberto a reforçar autonomia" do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto - Passos Coelho

Lusa economia

  • 333

Vila Nova de Gaia, 30 jan (Lusa) -- O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, garantiu hoje que o Governo está "inteiramente aberto a reforçar as competências e a autonomia" do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (IVDP), conforme reivindicado há anos pelo setor.

"Tem havido contactos com o Ministério da Agricultura e com o Ministério das Finanças para encontrarmos uma solução que seja apropriada. Reitero aqui que o Governo está inteiramente aberto a reforçar as competências e a autonomia da instituição e, até, em poder acolher uma solução do âmbito mais privado, do ponto de vista do Direito, para a prossecução dos fins do instituto", afirmou Passos Coelho.

O primeiro-ministro falava na cerimónia de tomada de posse da nova direção da Associação das Empresas de Vinho do Porto (AEVP), que hoje decorreu em Gaia, e durante a qual o respetivo presidente voltou a apontar a "autonomia financeira e jurídica do IVDP" como indispensável à sobrevivência do setor.