Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

G20: Rajoy lamenta na cimeira efeito "nocivo" do mecanismo de ajuda à banca espanhola

Lusa economia

  • 333

Los Cabos, México, 19 jun (Lusa) -- O chefe do governo espanhol, Mariano Rajoy, deixou patente na segunda-feira na cimeira do G20, no México, a sua insatisfação para com o mecanismo de ajuda à banca espanhola, o qual considera "extremamente nocivo" porque vincula o risco bancário ao risco soberano.

Na sua intervenção, no encontro à porta fechada, diante do plenário da cimeira do G20, que decorre em Los Cabos, Rajoy pôs em cima da mesa os problemas que afetam a dívida soberana espanhola nos mercados, depois do anúncio da ajuda concedida pelo Eurogrupo à banca, indicaram fontes do governo espanhol citadas pela agência Efe.

O Tesouro Público espanhol realiza hoje e quinta-feira duas emissões para colocar 5.000 milhões de euros em dívida a vários prazos, numa semana que começou "negra", com os juros a 10 anos a 7,215 por cento.