Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

G-20: Tensões políticas "aumentam" devido à crise europeia -- Zoellick

Lusa economia

  • 333

Los Cabos, 17 jun (Lusa) -- O presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, alertou em vésperas do arranque da cimeira do G-20 que as tensões políticas "vão aumentando" como consequência da crise da dívida europeia.

"É muito importante, não só para os europeus, mas para o conjunto da economia global, que sejamos capazes de encontrar uma direção para isto" no seio do G-20, declarou Zoellick no sábado numa sessão de trabalho intitulada "Repensando o Grupo dos 20", moderada pelo presidente mexicano.

O responsável observou ainda que, "com quatro anos desta crise económica, podem sentir-se as tensões políticas a aumentar" ao apontar que um dos grandes desafios dos líderes do G-20 é entenderem que a "economia é uma, é global e decidirem como desenvolver as economias nacionais, de modo a criarem um maior bem comum internacional".