Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fundações: Autarca de Cascais manifesta "total discordância" com extinção da Fundação Paula Rego

Lusa economia

  • 333

Cascais, 09 ago (Lusa) - O presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, manifestou hoje "total discordância" com a proposta do Governo de extinguir a Fundação Paula Rego e a Fundação D.Luís, defendendo que a medida não representa nenhuma diminuição de investimentos públicos.

Numa nota escrita divulgada hoje, o líder do executivo municipal de Cascais (PSD/CDS) dá conta de que o Governo informou a câmara do resultado do Relatório de Avaliação das Fundações, onde consta a extinção da Fundação Paula Rego e da Fundação D.Luís.

"Atendendo à importância estratégica da Fundação Paula Rego e da Fundação D. Luís I para a projeção do concelho de Cascais e do país, da língua, da arquitetura e da cultura nacionais, expresso a total discordância com a medida de extinção proposta pelo Governo", afirma Carreiras.