Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FMI/Cortes: CGTP acusa Governo de querer "iludir" os portugueses

Lusa economia

  • 333

Guimarães, 10 jan (Lusa) - O secretário-geral da CGTP acusou hoje o Governo de querer "iludir" os portugueses ao atribuir o relatório conhecido na quarta-feira apenas ao Fundo Monetário Internacional (FMI), destacando as declarações do secretário de Estado Carlos Moedas, que elogiou o documento.

Esta quarta-feira, o secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, Carlos Moedas, elogiou o relatório do FMI, que contém medidas para reduzir a despesa pública, considerando que este está "muito bem feito".

À margem de um plenário de sindicatos do setor têxteis, lanifícios, vestuário, calçado e peles, que decorreu hoje em Guimarães, Arménio Carlos afirmou que o país está perante uma "vigarice" e reiterou que Portugal "não precisa" do Governo chefiado por Passos Coelho mas sim de "acabar com a agiotagem e irresponsabilidade".