Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FMI/Cortes: CAP reage com "muita preocupação" a eventuais novas medidas de austeridade

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 09 jan (Lusa) -- A CAP afirmou hoje estar "muito preocupada" com a eventualidade da aplicação de novas medidas de austeridade, para além das previstas no Orçamento do Estado para 2013, numa reação ao relatório do FMI hoje conhecido.

Sublinhando não conhecer o documento, o presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), João Machado, afirmou aos jornalistas à saída de uma reunião no Parlamento com os grupos parlamentares do PSD e do CDS-PP para discutir a redução das indemnizações por despedimento, que a posição, "já transmitida ao Governo", é que a confederação tem "a maior preocupação em relação a mais medidas de austeridade para o ano 2013".

"As medidas de austeridade extrema vão reduzir o consumo interno, vão prejudicar o nível de vida dos portugueses, mas também vão provocar o fecho de empresas, por efeito do menor consumo interno", afirmou o líder da CAP.