Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FMI exorta China a ser "parceira da economia mundial a tempo inteiro"

Lusa economia

  • 333

Tóquio, Japão, 11 out (Lusa) -- A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, exortou hoje a China a ser "parceira da economia mundial a tempo inteiro" e a se concentrar no mercado interno para promover o crescimento.

Em conferência de imprensa em Tóquio, no âmbito das reuniões anuais do FMI e do Banco Mundial, Lagarde indicou que o consumo interno é claramente o motor em que a China deve apostar.

O FMI prevê que a segunda economia mundial registe este ano um crescimento de 7,8 por cento, menos duas décimas face às previsões de abril.