Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FMI diz que 2013 poderá ser ano de recuperação económica da Guiné-Bissau

Lusa economia

  • 333

Bissau, 28 jun (Lusa) - O FMI considera que 2013 poderá ser de recuperação económica da Guiné-Bissau mas adverte que um crescimento sustentável dependerá do restabelecimento da estabilidade macroeconómica, normalização da situação política, restauração da confiança dos investidores e aceleração de reformas estruturais.

A avaliação do conselho de administração do FMI surge na sequência de relatórios de missões que estiveram este ano no país e foi divulgada na quinta-feira em Washington.

No documento, a que a Lusa teve hoje acesso, o FMI aborda as "frágeis condições económicas da Guiné-Bissau, no meio de uma situação política delicada" e o reduzido apoio de doadores, praticamente suspenso devido ao golpe de Estado de 2012.