Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Faria de Oliveira considera "assunto pacífico" investigação europeia a dividendos pagos por filial da CGD

Lusa economia

  • 333

Bruxelas, 19 dez (Lusa) - O presidente não executivo da Caixa Geral de Depósitos (CGD) disse hoje que serão esclarecidas as dúvidas de Bruxelas sobre o pagamento de dividendos feito por uma filial do banco público português e que este é um "assunto pacífico".

Faria de Oliveira foi hoje ouvido na comissão parlamento de economia e Obras Públicas, tendo sido questionado à margem, pelos jornalistas, sobre a decisão da Comissão Europeia de investigar o pagamento de dividendos feito por uma filial da CGD para aferir se a operação envolve uma "aplicação abusiva" do auxílio de emergência que o banco público recebeu.

"É um assunto do meu ponto de vista completamente pacífico e que será esclarecido", disse Faria de Oliveira, que não se quis alongar sobre o tema.