Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Extensão do prazo para pagar empréstimos seria positivo, mas não muda assim tanto - Fitch

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 01 mar (Lusa) - O alargamento do prazo para pagar alguns dos empréstimos, pedido por Portugal ao Eurogrupo, que será discutido na reunião da próxima semana, será positivo se for aprovado, mas não representa uma mudança significativa, segundo a agência Fitch.

"O que vimos no passado é que os termos foram melhorados para Portugal. As maturidades foram estendidas, os custos com juros desceram. É uma forma de apoio dos países credores e é positivo, porque ajuda a melhorar a dinâmica da dívida. (...) Se as maturidades forem mais alargadas ajudará a reganhar acesso aos mercados porque há um menor refinanciamento a fazer, logo não têm de pedir tanto dinheiro no mercado", afirmou à Agência Lusa Douglas Renwick diretor sénior da Fitch Ratings.

O também antigo analista para Portugal da agência de 'rating', que esteve em Lisboa numa conferência promovida pela Fitch, considera no entanto que apesar de "positiva, não é uma decisão que represente uma mudança significativa", caso esta venha a ser tomada pelos líderes europeus, após o pedido conjunto de Portugal e Irlanda.